VMWare – Compartilhar pastas Ubuntu x Windows

Tenho uma dica neste mesmo blog sobre compartilhamento de pastas no Virtualbox com Windows como host e Ubuntu como guest (veja aqui).

Uso Virtualbox há algum tempo mas as últimas atualizações têm me decepcionado. Isso começou a acontecer após a Oracle assumir a Sun, criadora do software.

A última atualização, v.4.0.0, ficou extremamente pesada e exigente de recursos computacionais. Uma máquina mais simples pode ter enorme dificuldade para rodá-la.

Uso no trabalho um Windows 7 64 bits com um Athlon II X2 de 2.81 ghz com 1GB de RAM então não é tão ruim assim. Ok, 1GB e Windows 7 parece pouco mas, mesmo assim, o Virtualbox travou muito a máquina, a ponto da imagem congelar.

Resultado, passei para o VMWare que, antes, era mais pesado do que o Virtualbox. Agora, o VMWare Player está bem mais leve e funcional.

Instalei-o e criei uma máquina com Ubuntu. Detalhe: ele usa um negócio chamado Easy Install que te impossibilita de configurar a instalação do Ubuntu então não foi possível escolher idioma e teclado nem particionar o disco, somente criar usuário.

Após instalar e atualizar o Ubuntu 9.10, criei a pasta compartilhada conforme as instruções abaixo.

Atenção: a responsabilidade por qualquer ação feita em seu sistema é só sua! Na dúvida, não faça nada.

– Crie no Windows a pasta para compartilhar
– Na aba superior da VMWare, clique em Virtual Machine e, abaixo, em Virtual Machine Settings
– Clique na aba Options
– Clique em Shared Folders
– No lado direito, clique em Always Enabled
– Na parte de baixo, clique em Add…
– Siga o wizard para localizar a pasta no Windows
– Clique OK

A pasta é montada em /mnt/hgfs/, em seguida.

Caso queira criar um link para acessá-la, siga as instruções abaixo.

– Abra um terminal
– Digite cd /mnt/hgfs/
– Digite ln -s /mnt/hgfs/Shared Folder/ /home/user/

Claro, altere Shared Folder para o nome da pasta que você criou e altere user pelo seu nome de usuário. A pasta onde será criado o link é de sua escolha, tanto faz.

Testei hoje durante todo o dia e não tive problemas. Fiquei bastante satisfeito, a ponto de remover o Virtualbox.

É isso aí. Abraço.

Virtualbox – Compartilhar pastas Ubuntu x Windows

Há muito tempo uso o Virtualbox como ferramenta para testes em sistemas operacionais.

Para quem não está familiarizado, Virtualbox é um programa que roda sistemas operacionais. Você instala o programa, em Linux ou Windows, e cria uma máquina virtual que conterá um sistema operacional completo. Para isso, você precisará ter o SO em um CD ou uma imagem ISO.

Existem muitos tutoriais para essa instalação por aí na internet mas o que mais me deu dor de cabeça foi a questão das pastas compartilhadas.

O propósito da máquina virtual é ter um sistema rodando dentro de outro mas é interessante que você consiga trocar arquivos entre ambos, certo?

Vejamos como fazer isso usando um Windows como host e um Ubuntu como convidado.

Primeiro, crie no Windows a pasta que você vai usar para essa troca de arquivos.

Depois, no Ubuntu, crie uma pasta com a mesma finalidade e rode os Adicionais para Convidado.

Em seguida, abra um terminal e digite a linha sudo mount -t vboxsf VBoxShare /home/user/VBox/ em que VBoxShare é a pasta criada no Windows e VBox é a pasta criada no Ubuntu.

O procedimento acima pode ser feito automaticamente adicionando uma entrada ao arquivo /etc/fstab. Abra o terminal e digite sudo cp /etc/fstab /etc/fstaboriginal (isso é o backup do arquivo original), depois sudo vi /etc/fstab.

No arquivo que se abrirá vá até a última linha e digite VBoxShare /home/user/VBox vboxsf rw,auto 0 0 em que:

VBoxShare = nome da pasta compartilhada.
/home/user/VBox = localização e nome da pasta do Ubuntu que será montada.
vboxsf = sistema de arquivos do VirtualBox
rw,auto = atribuição de leitura e escrita (rw) e instrução para montar automaticamente no boot (auto)
0 = informa que não deverá ser feito dump
0 = informa que não deverá ser verificado pelo fsck

Pronto, quando quiser passar um arquivo de um sistema para outro basta copiá-lo para a pasta compartilhada.

É isso aí. Abraço