Virtualbox Guest Additions na Kali Linux

Para quem não conhece, Kali Linux é uma distro voltada para Pen Testers que é o profissional que avalia a segurança de uma rede.

Não é voltada para o usuário final então não permite algumas procedimentos que seriam simples nas outras distros.

Um desses procedimentos é o resize da janela do Virtualbox quando a Kali Linux é uma VM.

Por medida de segurança, você não consegue fazer o padrão, ou seja, montar a imagem do Guest Additions e executar.

Achei a solução e reproduzo os passos abaixo:

1) Como root, abra o terminal
2) apt-get update
3) msfupdate
4) apt-get update && apt-get install -y linux-headers-$(uname -r)
5) cp /media/cdrom0/VBoxLinuxAdditions.run /root/
6) chmod 755 /root/VBoxLinuxAdditions.run
7) /root/VBoxLinuxAdditions.run
8) shutdown -r now

Após a reinicilização, a tela já estará redimensionada corretamente.

É isso aí.

Abraço.

Fonte: http://byteschef.com/kali-linux-install-on-virtualbox-with-guest-additions/

Como usar apt-get update com proxy autenticado no Ubuntu

Faz tempo que não consigo tempo para escrever um artigo e/ou dica.

Aqui vai uma rápida que acabei de aprender.

Em uma rede com proxy autenticado, o apt-get se torna impossível se não configurarmos o sistema com os dados para autenticação.

É o mesmo que você faz com o navegador; indica o servidor e a porta do Proxy e insere seu login e senha quando solicitado.

Para o apt-get funcionar, você tem duas opções.

1ª) Sem persistência, ou seja, só vai funcionar na hora:

No terminal, digite:

aptget_proxy_01

2ª) Com persistência, ou seja, configura uma vez e vai valer sempre:

1) No terminal, vire root (su -)
2) Crie o arquivo 30 proxy: vim /etc/apt/apt.conf.d/30proxy
3) Insira no arquivo a linha:

aptget_proxy_02

Pode usar qualquer editor, altere os dados conforme necessário e respeite a sintaxe case-sensitive.

Pronto! O apt-get funciona em seguida, seja update, install, etc.

E se não for mais usar proxy autenticado, basta remover o arquivo.

É isso aí.

Abraço.

Fonte: ASK Ubuntu

Verifique se seu computador suporta Unity

O Ubuntu tem ficado cada vez melhor mas à custa de um ambiente gráfico, o Unity, mais pesado.

Se você tentar instalar o Ubuntu em uma máquina não muito potente poderá ter alguns problemas de desempenho.

Para evitar problemas faça o seguinte:

1) Boote com uma imagem do Ubuntu (CD ou Pen Drive);

2) Escolha Experimentar o Ubuntu;

3) Vai abrir o desktop – inicie o terminal digitando SHIFT + CTRL + T (ou abra o Dash clicando na tecla Windows e digite Terminal);

4) No terminal, digite /usr/lib/nux/unity_support_test -p.

O resultado será algo como o da tela a seguir:

unity_test

Se todas as respostas forem yes, pode fechar o terminal e instalar o Ubuntu.

É isso aí.

Abraço.

Remover repositório e rever atualização de versão no Ubuntu

Às vezes, atualizamos um programa  mas mudamos de idéia.

Geramente, no Ubuntu, quando queremos atualizar ou instalar um programa, adicionamos um PPA (Personal Package Archives), atualizamos o sources.list e instalamos o programa.

Para reverter essa atualização:

1) Instale a ferramenta de remoçao de PPA com sudo apt-get install ppa-purge

2) Remova o PPA com sudo ppa-purge ppa:videolan/master-daily

A partir de ppa:… é um exemplo, basta alterar para o PPA que você inseriu inicialmente.

O programa será revertido para o estado anterior à atualização.

É isso aí.

Abraço

Habilitar USB no Virtualbox no Linux

A pedido dos amigos e grandes Web Developers, Ricardo Rosa e Ricardo Ribeiro, segue um tutorial para habilitar USB no Virtualbox.

Considerando que o Virtualbox já está instalado:

1) Baixe o Extension Pack aqui;
2) Para instalar, duas opções:
2-1) duplo clique no arquivo – ele vai abrir o Virtualbox e pedir permissão para instalar;
2-2) abra o Virtualbox, clique em Arquivo, Preferências, Extensões – clique no ícone lateral Acrescentar Pacote e selecione o Extension Pack. Clique OK para instalar;
3) Adicione seu usuário ao grupo vboxusers com usermod nomedousuario -a -G vboxusers;
4) Reinicie sua sessão e já vai funcionar.

É isso aí.

Abraço.

Spotify – Erro com libgcrypt no Ubuntu 15.04

Ao atualizar o Ubuntu para a versão 15.04 o Spotify parou de funcionar.

O ícone não mostrava nada então, para debugar o erro, abri na linha de comando e obtive o erro:

fabio@meupc:~# spotify
spotify: error while loading shared libraries: libgcrypt.so.11: cannot open shared object file: No such file or directory

Pelo que pude obter de informação, é uma falta de atualização do Spotify. Enquanto o próprio programa não se atualiza, o jeito é instalar o arquivo libgcrypt11_1.5.0-5+deb7u3_amd64.deb.

Foi um pouco difícil encontrar então disponibilizei via Dropbox. O link é:

https://www.dropbox.com/s/vsu3bwz5p62ub1u/libgcrypt11_1.5.0-5%2Bdeb7u3_amd64.deb?dl=0

Acesse via terminal o local em que salvou o arquivo e instale com:

fabio@meupc:/home/fabio/Downloads# sudo dpkg -i libgcrypt11_1.5.0-5+deb7u3_amd64.deb

Em seguida, o Spotify já volta a funcionar.

Fica a dica.

Abraço.

Instalar Wireshark no Ubuntu

Para quem não conhece, Wireshark é um programa excelente para monitorar redes.

Você pode, por exemplo, instalá-lo em um servidor firewall e monitorar as máquinas da rede interna. Também é interessante colocar em uma máquina comum para analisar o que se passa entre ela e a Internet.

Instalação (tudo via terminal):

  • sudo apt-get install wireshark
  • sudo groupadd wireshark
  • sudo usermod -a -G wireshark YOUR_USER_NAME
  • sudo chgrp wireshark /usr/bin/dumpcap
  • sudo chmod 750 /usr/bin/dumpcap
  • sudo setcap cap_net_raw,cap_net_admin=eip /usr/bin/dumpcap
  • sudo getcap /usr/bin/dumpcap
  • sudo reboot

Atenção: durante a instalação, você terá que escolher se quer que usuários normais utilizem o programa ou se somente o root. Isso depende da sua necessidade e opção.

Ao abrir o programa, já deverá mostrar a lista de placas de rede da máquina. Clique naquela que quer monitorar e no botão verde para iniciar o monitoramento.

wireshark1

 

wireshark2

A dica é somente para a instalação, ok?

É isso aí, abraço.